8 LIÇÕES DE GROWTH HACKING DE DANILO CARLOS

Conteúdo é Rei
dezembro 1, 2016
os 3ps do Growth Hacking por Danilo Carlos
Os 3ps do Growth Hacking por Danilo Carlos
dezembro 3, 2016
Growth Hacking é o nome dado para definir um modelo de estratégia de marketing inovadora, que combina marketing e engenharia e que foi desenvolvido por startups do Vale do Silício com foco em crescimento na virada dos anos 00 para os 10.

1) Não pense como um departamento de Marketing

Hoje em dia o Depto. Growth Hacking deve ter uma relação de interdependência com todos os departamentos de uma empresa. “O departamento de marketing tradicional deve ser esquecido, o Growth Hacking não pode ser visto apenas como um setor . Na verdade, esse setor deve funcionar como uma força de papel decisivo para o sucesso de um negócio.”

 

8 lições de Growh Hacking Danilo Carlos


2) Respeite o Sr. “funil de vendas”
Eu digo que  o processo de uma venda  dentro do método PPF, este pode ser dividido em 8 Passos: estudar viabilidade do produto, estudar Precificação no mercado, prospectar clientes, entender as necessidades destes alvos, criar soluções, iniciar a proposta comercial, negociar e fechar a venda. Deixe exclusivamente o profissional de Growth Hacking cuidar dos  5 primeiros passos – se sua empresa quiser ter sucesso ,depois as últimos passos são uma atribuídos ao departamento de vendas da sua empresa. Com isso o seu funil, estudando cada passo é comandado pelo responsável certo do setor  que sabe o que faz.

Assim, o nosso funil serve para mostrar a principal diferença entre as duas áreas. “O Growth Hacking é responsável pela criatividade (out of box) e pelas estratégias apropriadas para chegar ao cliente, enquanto  toda a operação de vendas  fica com o pessoal do comercial.”


3) Equipe de Growth Hacking  “para” pra PENSAR
Uma das  atribuições de um profissional de Growth Hacking,  o planejamento estratégico é o mais importante, mas não devemos deixar ele se sobrepor ao  nosso processo criativo. O profissional de Growth Hacking precisa de tempo para “parar”, pensar e colocar no mundo as suas melhores ideias.


 

4) Aceite o Profissional de Growth Hacking representa o CLIENTE
Se você tem um negócio, e quer que ele se torne grande no mercado você precisa de um profissional de Growth Hacking, é papel dele ser o porta-voz dos clientes. Tome uma decisão sem se basear na satisfação dos seus consumidores e você já fracassou.

Ao longo destes anos eu não vi uma empresa que não valoriza-se os clientes se dar bem no mercado. Valorizar o seu cliente é sua melhor estratégia de mercado. Eu particularmente gosto muito desta história, e quem me conhece pessoalmente sabe que eu sempre a cito. A Apple, deixa uma cadeira vazia nas reuniões de diretores.  Sabe porque ? Esta cadeira representa, simbolicamente, o consumidor. Agora veja o nível de envolvimento do clientes da Apple com a empresa, pergunte a um apple maníaco sobre os pontos positivos da empresa. Perceba como eles falam com carinho, valorizam a marca e falam bem dos produtos e sobre as vantagens do mesmo.

5) Construa uma Marca sólida
Pessoal qual o princípio da relação entre consumidores e empresas: empresas fornecem o que os consumidores necessitam. Porém, existe empresas que vendem, por um preço  bem mais caro, uma coisa que aparentemente  poderia ser encontrada em todo lugar. Elas se saem muito bem fazendo isso. Vamos lá, se você me acompanha sabe que eu não saio do  Starbucks.  O que eles vendem lá?Eles vendem  o café mais  caro e são super bem-sucedidos aqui no nosso país, saiba você que o nosso brasil é um dos países com  a maior produção mundial de grãos de café. Como eles fazem isso? Construindo uma marca forte, tornando esta precificação possível. O Starbucks é a considerada a minha segunda casa , e a maioria dos outros clientes pensa do mesmo jeito. Lá, tem internet, o ambiente é confortável e extremamente agradável. Quem não gosta de tomar um café no Starbuks? Quem não gosta de café você me responde. Mas, eles pensaram nisso e também vendem outras coisas como chá, é o empresários  brasileiros precisam pensar em algo  bem  parecido quando chegar a hora de promover  os seus negócios.

6) Se torne um Forest Gump(Contador de Histórias)
Para se construir uma marca sólida hoje em dia,  você precisa utilizar uma técnica que está bem conhecida, é a  storytelling– a capacidade de se contar uma boa história. Como eu faço para demonstrar toda nossa trajetória de uma forma criativa e envolvente?  Simples, como um bom editor de um jornal, separe apenas os momentos épicos e os descreva com detalhes e entusiamo. Crie uma cronologia aos fatos, e tenha certeza que a história servirá de inspiração aos seus clientes  e seguidores da empresa. São estas as principais características para um profissional de Growth Hacking.

7) Nem tudo é dinheiro
Claro que o objetivo principal de toda empresa é vender seus produtos e serviços e conseguir o lucro. Mas, a busca pelo dinheiro não pode ser a sua única meta. Saiba que ter uma consciência ambiental, ser ético e  demonstrar muito respeito pela lei são coisas que jamais de vão ser deixadas de lado no caminho da construção  da sua marca.

8) Se funda com o Financeiro
Um profissional de Growth Hacking, deve sempre planilhar e deixar claro tudo o que é feito pelo seu departamento. Mais ainda: todos dentro da empresa tem o dever de entender que o dinheiro gasto com estratégias de publicidade, seja ela digital ou não.  Não é um desperdício. O bom segredo para o profissional de Growth Hacking é ser amigo de todos. Leve o departamento financeiro pra almoçar de vez enquanto é uma boa ideia demonstrar que suas ações criativas, além de reduzir os custos operacional, elas acabam gerando mais receita.

 

Tio Dan
Tio Dan
Danilo Carlos, é um apaixonado por Marketing Digital. Já trabalhou em grandes empresas, estudou em Stanford, Ilinois e Harvard. Um Geek assumido, e como todo bom Geek adora inovações tecnológicas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto:
//]]>